Anatel pode ter novo presidente

0
2

O mandato de Pedro Jaime Ziller como presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), para o qual foi nomeado no início de 2003, vence no dia 6 de janeiro. Ele até poderia ser reconduzido ao cargo, mas, segundo especulações, essa não é a intenção do ministro das Comunicações, Eunício Oliveira, que deverá decidir até quinta-feira quem será o sucessor de Ziller. Saindo do cargo, o atual presidente deverá permanecer no conselho diretor da Agência, já que tem mandato até janeiro de 2008.
A opção para preencher a vaga deve ser por um dos integrantes do conselho diretor da Anatel, mas ainda não há decisão sobre o assunto. Entre os cotados estão Elifas Gurgel do Amaral, Plínio de Aguiar Júnior e José Leite Pereira Filho. Os dois primeiros foram indicados por Eunício e assumiram os cargos no mês passado. Leite é remanescente da equipe do governo anterior, mas, segundo fontes, tem a simpatia de Eunício, que é seu conterrâneo, e de outras pessoas do governo. Ele tem mandato como conselheiro até novembro de 2007 e se for indicado para a presidência, deverá ser por um ano.
Amaral seria o sucessor natural de Ziller, mas tem um mandato curto como conselheiro, até 4 de novembro de 2005. Ele foi indicado para completar o mandato de Luiz Guilherme Shymura, que deixou a Anatel no início de 2003. A torcida na ala sindical do governo é por Plínio, que assumiu no mês passado para um mandato de cinco anos e é próximo de Ziller, que também foi apoiado por sindicalistas. Ambos integraram, como secretários, a equipe do ex-ministro Miro Teixeira no Ministério das Comunicações. Mas essa veia sindical pesa contra ele.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo paradigma computacional
Próximo artigoSegurança pelo telefone