Avape forma 1.335 pessoas no Planteq

0
4



Hoje, 29 de novembro, a capital paulista recebe 1.335 novos formandos do Planteq, Plano Territorial de Qualificação Profissional, realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho de São Paulo, o Ministério do Trabalho e Emprego, e a Avape, Associação para Valorização das Pessoas com Deficiência. As turmas foram capacitadas durante os meses de setembro e novembro de 2010, com uma carga horária de 200 horas aula com formação voltada aos cursos de operador de telemarketing, vendedor de comércio varejista, auxiliar de escritório e atendente de lanchonete.
 
Além dos alunos formados, as demais turmas do Planteq ocorrem em diferentes pontos da cidade como os CATs, a Universidade Cruzeiro do Sul, entre outras instituições públicas e privadas nos períodos da manhã, tarde e noite, de segunda a sexta, com quatro horas de duração. Com carga horária de 200 horas foram ministradas aulas de matemática, português, cidadania e trabalho, empreendedorismo e informática, além dos temas específicos.
 
Todo o material didático e dinâmica das aulas são elaborados pela equipe técnica e multidisciplinar da Avape com a validação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho de São Paulo. Os participantes devem ser residentes em São Paulo, maiores de 16 anos que tenham concluído o ensino médio ou estejam em curso e em situação de desemprego.
 
Para Josefa Pedron, coordenadora de Capacitação da Avape, a metodologia aplicada leva ao aluno situações cotidianas reais do mercado de trabalho. “Nosso intuito é resgate da cidadania e ampliar a possibilidade de inserção profissional dessas pessoas”, explica.


A solenidade de formatura será realizada na Unicsul/Campus Anália Franco (avenida Regente Feijó, 1.295, São Paulo/SP), às 10h e às 14h.