Call center aplicava golpes

0
6


O Ministério Público Federal de São Paulo divulgou denúncia contra oito pessoas acusadas de crimes de lavagem de dinheiro, fraude contra investidores e formação de quadrilha. De acordo com o portal Terra, o esquema era utilizado por uma organização criminosa transnacional que fraudava investidores do mercado financeiro. Com base em São Paulo, a quadrilha manteria um call center na capital com operadores de telemarketing fluentes em línguas estrangeiras que convenciam investidores de diversos países a venderem as ações. No ano passado, o centro teria sido transferido para a Argentina. A quadrilha causou um prejuízo de milhões de dólares. No Brasil, os integrantes lavavam o dinheiro investindo em construção e aquisição de imóveis.