Vamos motivar!

0
5
O que é motivação? A resposta pode ser simplesmente motivar as pessoas para a ação. Porém, o que há por trás disso? Muito trabalho, já que cada pessoa é diferente da outra, ou seja, cada um possui um estímulo diferente, como mostraram Ana Elisa Moreira Ferreira, diretora executiva da Univoz, e Alle Ferreira, palestrante e parceira da Univoz, em apresentação no Meeting de Vendas – As Feras do Multicanal. Assim, é necessário identificar os motivos que levam alguém a agir, sem ver o que é certo, ou errado. “Afinal, cada um vai se motivar por um objetivo diferente. O segredo é é descobrir”, disse Alle. Mas para isso, o principal: é importante ter gestores estratégicos.
Nesse sentido, elas apontaram cinco passos para ter um líder que faça os colaboradores estarem sempre motivados a baterem as metas. O primeiro é gerar aproximação e confiança, para encontrar os propósitos de cada um. “Um gestor deve descobrir porquê está ali, bem como o porquê dos funcionários estarem ali. É fundamental identificar as necessidades de cada um. Conhecer o que motiva o ser humano”, aponta Ana Elisa. O segundo passo é trabalhar o potencial para usar o que cada pessoa possui de melhor. “Isso, no entanto, não é fácil. Temos um cérebro viciado em olhar os defeitos. O desafio é sair do piloto automático e começar a trabalhar com potencial das pessoas”, afirma Alle.
Em seguida, vem o ciclo da motivação, que passa por estimulo, necessidade, tensão, comportamento, barreiras, satisfação, fechando, com o equilíbrio. O quarto passo é manter o foco da equipe. Dentro disso, Alle afirmou que isso é algo que precisa ser trabalhado no momento, a momento. Por fim, vem o trabalho com a satisfação. Isso vem com um clima de valorização para envolver todos os colaboradores. “Uma maneira de chegar a isso é a corrente do bem capitaneada pelo portal ElogieAki, que pode agora, em sua nova fase, ser utilizado como uma rede motivacional”, explicou Ana Elisa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVamos motivar!
Próximo artigoNão importa o canal, mas o cliente