Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 27 de fevereiro de 2024, 09:42

iFood investe IA para automatizar cardápios no WhatsApp

Frederico Crego e Arnaldo Bertolaccini

Em parceria com a Blip, a empresa elevou em 26% o número de novas conversões e conquistou um índice de 97,60% de satisfação dos usuários no atendimento

O iFood anunciou que, em parceria com a Blip, especializada em conversas inteligentes entre marcas e consumidores nos principais aplicativos de mensagens, conquistou um fluxo de cadastro automatizado de self sign in no WhatsApp. “Ao notar que a construção de um cardápio era uma dor real e que muitos empreendedores esbarravam nessa etapa do cadastro e o abandonavam, a plataforma contou com a ferramenta de IA da parceira para montar cardápios de forma automatizada com uso do ChatGPT. 

“O projeto resultou em 26% de conversão diretamente no fluxo automatizado, redução no número de transferências desnecessárias para o atendimento humano e um índice de 97,60% de satisfação dos usuários (CSAT) no atendimento via WhatsApp. Rodar uma operação que atende mais de 330 mil estabelecimentos, incluindo os restaurantes mais procurados pelos brasileiros, garantindo uma experiência fluida e prática para os clientes sempre foi tarefa desafiadora” comentou Arnaldo Bertolaccini, vice-presidente de restaurantes do iFood. 

Cadastro omnichannel

De acordo com Frederico Crego, diretor da unidade de negócios Tech da Blip, “foi um enorme prazer desenvolver esse projeto para o iFood. Eles nos procuraram em busca de melhorar a experiência de cadastro e, desta forma, aumentar o número de contratos assinados. Utilizando nossa solução focada em IA generativa, obtivemos excelentes resultados em questão de semanas. A ferramenta se somou ao já existente canal web, criando um cadastro omnichannel, onde o estabelecimento parceiro tem total autonomia de tempo e melhor experiência. Para o iFood, as melhorias também representaram um potencial aumento no número de contratos assinados”.

Segundo Arnaldo, “atrelar o modelo de linguagem do ChatGPT ao WhatsApp destravou o processo de ativação de 34,6% dos parceiros que não tinham cardápio e que sem auxílio para a elaboração de seus menus não conseguiriam começar a vender na plataforma. O potencial da IA é ainda maior considerando o sistema de notificações ativas do WhatsApp, que envolve os restaurantes na fase final de ativação, quando eles precisam enviar os cardápios. Com a visibilidade da jornada por meio da plataforma Blip, a mensagem exata de ajuda que o parceiro precisa é disparada, impactando na taxa de conversão”. 

A estratégia da Blip com iFood se provou bem sucedida, com números expressivos na taxa de conversão do funil de vendas: aumento de 2% ao mês desde janeiro, chegando a 20,3% em março. Em julho, o índice chegou a mais de 25%, além de um CSAT (Customer Satisfaction Score) maior que 97% no fluxo de captação. No quesito eficiência operacional, em junho, o iFood alcançou seu menor número de abandono dentro do fluxo de WhatsApp, diminuindo 76,6% em relação ao início do ano. Atualmente, toda a jornada de registro de um restaurante parceiro do iFood está integrada ao WhatsApp, incluindo a assinatura de contrato. Com cerca de 70 milhões de pedidos ao mês em sua plataforma, a novidade traz um leque ainda maior de restaurantes disponíveis para atender o consumidor final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima