Mundiale completa 20 anos e passa por rebranding

Companhia anuncia transformação da estratégia de negócio e adoção de nova identidade visual

0
63
Gustavo Pena, CEO e fundador da Mundiale
Gustavo Pena, CEO e fundador da Mundiale

Para comemorar os 20 anos de atuação, a Mundiale, especialista em vendas omnichannel, anuncia nova identidade visual. Com o objetivo de trazer um ar mais moderno e tecnológico, a marca adota um formato mais dinâmico em sua comunicação, com cores mais vibrantes, mas sem deixar o azul e verde de lado, e que remetem ao processo de evolução ao longo de sua história. O projeto de rebranding, assinado pela agência A10, conta ainda com um novo slogan “Experiências únicas que revolucionam relações”,. Além disso, as mudanças também se estendem ao logo, que agora apresenta formas mais arredondadas e uma paleta de cores mais atual. A nova identidade foi apresentada no evento chamado “NewMundi”, para o público interno, clientes e parceiros no dia primeiro de março.

“A nova identidade é resultado do que vem acontecendo há pelo menos quatro anos, quando começamos a investir em inovação e tecnologia. Então, não é uma mudança brusca e autoritária. A tecnologia e a experiência já fazem parte da nossa rotina e, agora, são definitivamente a nova cara da empresa. Prova disto é que grandes empresas acreditaram e são clientes nossos, dando a Mundiale a oportunidade de contato direto com seus clientes. Somos uma empresa com história consolidada, raízes sólidas mas com o frescor das jovens startups que surgem no mercado. Esse é o nosso grande diferencial”, afirma Fernando Costa, analista de comunicação da Mundiale.

Além da mudança da marca, a Mundiale também está transformando a sua estratégia de negócio. A empresa abraça sua veia tecnológica e mergulha de vez no universo digital, investindo em ações que vão ao encontro com a transformação de mindset do mercado, como a otimização de processos de atendimento por meio de IA e bots. “Depois de pautarmos, com muito sucesso, nossa história como empresa de call center, chegou a hora de virar a página por completo. Estamos há alguns anos estudando o mercado digital, e já nos adequamos em muitas coisas. Vamos seguir mostrando ao mercado que estamos nos remodelando para atender as necessidades das empresas. O mundo está em constante mudança e precisamos acompanhá-lo. Vamos continuar com a mesma paixão e propósito (oferecer a melhor experiência de compra aos clientes), porém, vamos focar os esforços para o digital”, completa Gustavo Pena, CEO e fundador da Mundiale.