A consolidação do negócio

0
18



A Meta Soluções Comerciais e a Contractors anuciaram fusão na última sexta-feira (11/01). A união faz parte da estratégia de otimização das operações para se tornarem mais competitivas e continuar crescendo. Fundada em 1995, a Meta iniciou as atividades desenvolvendo projetos de fidelização para cartões de crédito administrados pelo cartão Unibanco. Dois anos depois, passou a prestar serviços de call center para vendas de assinaturas da Editora Globo. Já em 2001, com o fechamento de contrato com a Credicard, aumenta a participação no segmento e alcança a consolidação.


Mas o grande salto viria no ano de 2005. Em uma nova fase, a companhia ganha o reforço do executivo Marcelo Martins, que assume o cargo de diretor geral, com desafio de trazer novas conquistas para a empresa. Dando continuidade ao processo de reestruturação, em fevereiro de 2006, anuncia Alexandre Athayde como presidente, para posicioná-la como uma das maiores empresas de call center ativo do País.


Nesse mesmo período, as mudanças começaram a refletir no espaço físico que a empresa ocupava no centro velho da capital paulista, com ampliação e modernização de toda área operacional. Com todas essas ações, a empresa alcançou faturamento de R$ 60 milhões em 2006, contra os R$ 25 milhões de 2005, conforme matéria publicada no site Callcenter.inf.br. Seguindo estratégia de crescimento, também foi inaugurado o novo site da companhia, em Alphaville, São Paulo. O site, com três mil metros quadrados, elevou a capacidade da empresa para 2.500 Posições de Atendimento (PAs), conforme divulgado no Callcenter.inf.br.


Outra estratégia da empresa para crescer foi sempre investir nos funcionários. Sendo assim, ainda em 2006, a Meta firmou convênio com a Universidade Anhembi Morumbi para subsidiar cursos superiores para 60 colaboradores em São Paulo. Outra novidade na área foi a chegada da psicóloga Rosely Sola, que assumiu a diretoria de RH com desafio de valorizar o aspecto de relações humanas entre os colaboradores.


No mesmo ano, a empresa anunciou a contratação de Mauricio Zanco. O executivo assumiu com a missão de gerir a área tecnológica e preparar a empresa para novos saltos empresariais. Em 2007, a Meta continuou com mudanças em sua equipe e trouxe Jaime Enkim como vice-presidente para dirigir, na época, a recém-criada unidade de crédito e cobrança da companhia com uma proposta diferenciada para a gestão de novos produtos e serviços.


Depois de todo esse processo, a Meta recebeu o Selo de Ética do Probare (Programa Brasileiro de Auto-Regulamentação do Setor de Relacionamento) pelas operações que mantêm do Banco Itaú.


Para dar suporte ao crescimento, em setembro do ano passado, investiu em sua infra-estrutura tecnológica, colocando em produção a plataforma da Avaya, o S8720, que deve chegar à construção de um moderno datacenter, à substituição da plataforma de telecomunicações e à modernização do parque de servidores.


Atualmente, entre os clientes da empresa estão Credicard, Ace Seguradora, Rede Marriot de Hotéis, Grupo O Estado de S. Paulo, IOB, Banco Icatu e o Banco Panamericano (com o projeto Vale Desconto). São operações de vendas (ativo e receptivo), fidelização, recuperação de crédito, pesquisa, internet call center e SAC. Em 2007, a empresa fechou o ano com 1.550 PAs e 4.400 operadores, de acordo com o ranking Callcenter.inf.br.