Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Interpretação de dados é determinante para sucesso no varejo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Caio Borges, head de vendas Brasil da Infobip

Traçar as melhores estratégias é fundamental para empresas se diferenciarem nesse mercado 

Autor: Caio Borges

No cenário atual, temos consumidores mais informados do que nunca e uma alta competição digital, que são alguns dos fatores que tornam cada vez mais difícil obter respostas assertivas sobre o futuro do varejo. 

Diante dessa era de novos hábitos de consumo que exigem interações mais contextualizadas e autênticas, os varejistas precisam ter as ferramentas tecnológicas certas para oferecer uma experiência única e fluida que gerará clientes fiéis no longo prazo. Nesse sentido, a comunicação eficaz é a chave para a construção de relacionamentos duradouros.

Saber interpretar corretamente e de maneira abrangente os dados dos usuários é a única forma das empresas conseguirem oferecer uma experiência verdadeiramente personalizada de ponta a ponta. De acordo com um estudo recente desenvolvido pela IDC para a Infobip, mais de 30% dos varejistas da América Latina não utilizam os dados que seus clientes deixam nos canais digitais. Além disso, é fundamental observar que apenas 27% usam esses dados para criar comunicações personalizadas.

Quando falamos em gerenciar e interpretar os dados corretamente, os varejistas enfrentam um grande desafio: a integração adequada das plataformas que utilizam e das quais são proprietários. A pesquisa da IDC constatou também que 22% ainda fazem uso de processos manuais para a gestão desses dados. O que se torna um problema, não apenas para a escalabilidade, mas também para a segurança das informações processadas, ainda mais tendo em vista as sanções da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Voltar atrás, não é uma opção. Repensar estratégias para não perder clientes e retê-los é fundamental para as empresas que querem se diferenciar no mercado de varejo. Portanto, é essencial realizar a interpretação de dados corretamente, levando em consideração a importância de disponibilizar diversos canais de comunicação para os clientes.

Observo que, enquanto a variedade de canais disponíveis aumenta a cada dia, ainda é necessário encontrar formas de enriquecer o relacionamento com os clientes e escolher os mais adequados com base no tipo de público. Ferramentas como WhatsApp e Facebook Messenger ajudam a aumentar o engajamento do consumidor e gerar conversas muito próximas. Por outro lado, implementar chatbots e respostas de voz interativas em seus canais digitais favoritos pode ajudar a tornar a comunicação mais simples, familiar e humana.

Caio Borges é diretor de vendas Latam da Infobip.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima